São pessoas da comunidade paroquial, indicadas pelo pároco, para auxiliar nas tarefas do altar e das celebrações, principalmente na distribuição da Eucaristia nas missas e para as pessoas enfermas, impossibilitadas de virem à Igreja. Ser Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão é dizer sim ao chamado de Deus para servir à comunidade e levar Jesus onde for necessário, a qualquer hora. Tem por objetivo, além da distribuição da Eucaristia, dar suporte ao pároco e a comunidade, no preparo das pessoas que compõem os rituais das missas e celebrações (batizados, casamentos, exéquias e outros): crucifixo, vela, incenso, cálice, ambulas de partículas, galheta, corporal etc.São pessoas da comunidade paroquial, indicadas pelo pároco, para auxiliar nas tarefas do altar e das celebrações, principalmente na distribuição da Eucaristia nas missas e para as pessoas enfermas, impossibilitadas de virem à Igreja. Ser Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão é dizer sim ao chamado de Deus para servir à comunidade e levar Jesus onde for necessário, a qualquer hora. Tem por objetivo, além da distribuição da Eucaristia, dar suporte ao pároco e a comunidade, no preparo das pessoas que compõem os rituais das missas e celebrações (batizados, casamentos, exéquias e outros): crucifixo, vela, incenso, cálice, ambulas de partículas, galheta, corporal etc.